A Luz Do Amanhecer

 Nota da autora: Essa crônica foi inspirada em duas músicas maravilhosas e muito especiais: Shake it Out – Florence and The Machine e Gravity – John Mayer. Aconselho que vejam as letras das músicas  e escutem. Boa leitura! 😉

O ar frio adentrava pela janela do meu quarto. Algo que pensei ser impossível, já que tinha fechado a maldita janela. Porém, o sopro gélido batia em meu corpo e gargalhava de mim. Afirmando que eu estava errada. Acho que a insônia está afetando a minha sanidade mais do que imaginava.

O frio que sentia sentada no chão do meu quarto era nada mais do que reconfortante comparado a minha temperatura interna; estava borbulhando em ideias e sentimentos conflitantes. Um conforto era tudo o que precisava nesse momento.

Mas, procurando uma salvação, encontrei o mal em mim.

A realidade era que a medida que o sol ia embora, os meus demônios apareciam. Infelizmente, eles ficavam mais fortes a cada madrugada. E aponderavam-se da minha mente com questionamentos e julgamentos. Eu nunca achava as respostas.

Encostada na madeira de minha cama, respirando controladamente, pensava no quanto ficava mais escuro antes do amanhecer. Tinha escutado essa afirmação, mas nunca refleti sobre.

A escuridão era cruel. Contudo, o amanhecer traz consigo a mudança e a esperança. Um conforto de que um novo começo está por vir. A espera pelo amanhã é o que nos faz vivos, é o que nos acalma.

Enquanto assistia o céu ficar imerso em um azul profundamente escuro quase preto, joguei todo o peso morto que estava sobre mim em uma fogueira. Assisti queimar junto com o amanhecer, em tons de rosa e alaranjado.

Antes parecia que a vida estava tentando me sufocar. Todavia, agora eu apenas queria encontrar minha luz e alcançar o chão de forma segura.

Decidi escrever mudanças no meu roteiro; não apagando os momentos difíceis, pois eles são essenciais, mas sim prolongando a felicidade.

Abri as cortinas e deixei que os fantasmas fossem embora. A luz inundavam todo o meu quarto enquanto o brilho revigorava cada partícula do meu ser.

Nesse exato momento, eu não queria me lamentar de que a vida conspirava contra mim. Eu só queria manter a luz incandescente do meu coração acessa.

Ps: Estou com dificuldades para postar e manter frequência porque estou sem meu notebook, ele deu defeito, e estou postando pelo celular. 



Compartilhe sua opinião/sugestão nos comentários!

Obrigada ❤

🌈 Curta a FanPage do blog e seja o primeiro  saber quando tem postagem nova!

🌈 Instagram (pessoal/blog) 🌈  Instagram (feed) 🌈 Snapchat: leticiamonalisa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s