Resenha : O Lado Bom Da Vida (Matthew Quick)

imagem

O Lado Bom Da Vida, narrado em primeira pessoa por Pat Peoples, mostra a história de um ex-professor que enfrentou alguns problemas com sua esposa Nikki e traumas dos quais não se lembra. Por conta dos problemas que não se lembra exatamente , ele ficou internado no “lugar ruim” (como se refere a instituição psiquiátrica) e quando a mãe dele o tira de lá, volta a morar com os pais e tenta fazer de tudo para se tornar uma pessoa melhor, uma pessoa que Nikki iria gostar que ele fosse. Então ele começa a fazer exercícios físicos, tentar ser gentil ao invés de ter razão. Tudo isso porque ele acredita em finais felizes e espera ter o seu, depois de tanto tempo ruim que teve.

O lado bom da vida

Os acontecimentos antes da internação são desconhecidos para ele que fica tentando entender porque não pode mais entrar em contato com Nikki, e quando o tempo separados irá acabar. Ele é torcedor fanático dos Eagles e se reaproxima do irmão por causa disso. Os dois tem uma tradição ou sei lá oque de fazer uma dancinha com os braços e as pernas formando as letras E-A-G-L-E-S e gritando também (muito engraçado!). Porém, ele ainda tem  problemas para controlar a raiva, age por impulso e precisa tomar os remédios. Todo manhã ele corre, e acaba “encontrando” uma parceira: Tiffany. Eles vão se conhecendo e descobrem que sofrem de problemas parecidos, até que Tiffany promete ajudar ela a reconquistar sua esposa.

Meu casaco do Eagles <3 E-A-G-L-E-S !!!
Meu casaco do Eagles. E-A-G-L-E-S !

O autor, Matthew Quick, mostra esse ponto de vista otimista, a esperança de que tudo acabe bem e a persistência. Cria várias situações engraçadas e incomuns. No início, depois da saída de Pat da clínica, o livro tem um ritmo meio parado. A partir do momento em que Pat conhece Tiffany as coisas mudam, e ficam mais movimentadas. O livro é cheio de surpresas e reviravoltas. Foi o que me fez continuar lendo e descobrir como foi o final feliz de Pat.

Bota a cara no livro, jake!
Bota a cara no livro, jake!

Quando acabei de ler, fiz uma reflexão e vi que se até o personagem principal, com problemas psicológicos, traumas e separado da esposa que tanto amava, consegue ter esperança e olhar o lado bom da vida, eu também posso fazer isso. E qualquer pessoa também

” Não quero ficar no lugar ruim, em que ninguém acredita no lado bom das coisas, no amor ou em finais felizes, e onde todo mundo me diz que Nikki não vai gostar do meu novo corpo, nem vai querer me ver quando acabar o tempo separado. Mas também tenho medo de que as pessoas de minha antiga vida não sejam tão entusiásticas quanto estou tentando ser agora” (O lado bom da vida)

Muito linda essa lombada!
Muito linda essa lombada!

Já leu esse livro? Quer ler? Gostou da resenha?

Compartilhe nos comentários sua opnião!

Obrigada! ❤

Facebook 🌈 Instagram 🌈

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s